quarta-feira, 25 de julho de 2012

Casamentos reais - casamento da Carla


Meninas, continuando nossa série "casamentos reais", a noiva da vez é a Carlinha. Também acompanhei pelo blog os preparativos dela, e posso dizer que é uma fofa, menina muito gente boa, que mereceu o casamento incrível que teve!!! Obrigada Carlinha por compartilhar sua história!! Foi tudo lindo viu!!!

Vamos ver o que ela tem a dizer? Casadinhas, continuem mandando suas histórias, é emocionante ouvir vocês contando!


1-      Nome completo:
Carla Santos de Souza Shinaidder

2-      Idade:
23 anos

3-      Data do casamento:
16 de março de 2012

4-      Onde foi realizado o casamento:
Espaço Veneza – Higienópolis- São Paulo

5-      Profissão:
Analista de Sistemas

6-      Em que cidade mora:
São Paulo -  SP

7-      Como vocês decidiram casar? (como foi o pedido)
Não houve pedido, na verdade foi um comum acordo. rs Já namorávamos a 6 anos e sempre surgia o assunto casamento, sabíamos que nosso destino era ficar juntos, mas pela minha idade nunca tive pressa com o casamento. No final de 2010, eu falei para o Thiago que ficaríamos noivos em janeiro de 2011 e assim foi. Compramos as alianças e começamos a usar, logo em seguida, marcamos a data do casamento.

8-      Qual foi o estilo/decoração/cores do seu casamento e porque essa foi sua escolha?
Meu casamento foi clássico, não gosto da ideia de um tema para festa de casamento, Casamento por si só já é um tema, então não há necessidade de ficar “inventando moda” como os atuais estilos vintage  ou retrô. Realmente não gosto nem um pouco.  Acho que o convencional é sempre chique e certeiro, então optei por não arriscar. A diferença foi marcada pelos detalhes, em cada “coisinha” os convidados puderam perceber que aquele casamento tinha a cara dos noivos. Minha decoração foi branca com alguns pequenos detalhes em vermelho. Eu adorei o resultado.

9-      O que você teve mais medo durante os preparativos? O te deixou mais preocupada?
Tive muito medo das coisas não saírem como tinha imaginado, mas isso durante os preparativos, no dia eu nem me preocupei com isso. Tudo que poderia ter feito eu fiz durante os preparativos para que tudo saísse impecável, no dia não estava mais nas minhas mãos. Confiei em Deus e nos bons fornecedores que contratei e relaxei. No dia mesmo a minha preocupação maior era do comparecimento dos convidados. Graças a Deus, esse medo logo passou assim que cheguei ao local do casamento. Das 353 pessoas convidadas, 312 compareceram nosso casamento =)
10-   Quando você ficou desanimada ou com medo durante os preparativos, o que te ajudou a seguir em frente?
Fiquei muito desanimada com um problema que tive com a agencia de viagem que fechamos nossa lua de mel, a agencia simplesmente fechou as portas e os responsáveis sumiram do mapa. Isso realmente me deixou imensamente triste, pois já havíamos pagado metade do valor para a tal agencia. Mas seguimos em frente e fizemos tudo de novo! O prejuízo material não chega nem perto da angústia que sentimos ao pensar que não teríamos nossa viagem e disso nós realmente não abrimos mão! A viagem maravilhosa que fizemos compensou esse problema que enfrentamos.

11-   Conte alguns momentos marcantes do dia, aqueles que mais ficaram em sua memória...
Super difícil falar, porque para mim todos os momentos foram marcantes, mas os segundos que antecederam a minha entrada na cerimônia foram os mais emocionantes da minha vida, sem dúvida. Não consigo explicar o que senti naquele momento, foi surreal! A troca das alianças, os votos, nossa primeira dança! Ah, foi tudo lindo!rs

12-   O que mudou depois do SIM?
Muitas coisas mudam, passamos a ser mais cúmplices e companheiros. A sensação é que realmente aquela pessoa depois do casamento faz parte de você, que literalmente nos tornamos um. Mas também não temos mais nossa mamãe para fazer as tarefas domésticas, eu agora sou dona de uma casa e dar conta realmente é muito difícil.

13-   O que vc acha que deu muito certo e saiu perfeito no dia do casamento? E o que não deu tão certo assim?
Não posso reclamar, só tenho boas lembranças do meu casamento, tudo saiu perfeito, muito mais do que eu imaginava. Mas se eu pudesse mudar algo, talvez aumentasse o tempo que o grupo (meu marido tem um grupo de samba) tocou. Eu estipulei o tempo de 45 minutos, mas na hora que acabou o povo ficou com gostinho de quero mais. Talvez deixasse o samba rolando solto até o final da festa.

14-   Qual a parte mais complicada de estar casada? E o que vocês fazem para lidar com isso?
Convivência não é fácil. Por isso sempre digo, adaptação é a palavra chave para os primeiros meses de casamento, mas me atrevo a dizer que essa palavrinha levaremos para o resto de nossas vidas em quanto estivermos casados. Para lidar com as diferenças a paciência é a grande aliada. Autocontrole é sempre bem vindo também.

15-   Já tem filhos? Pretendem ter?
Não temos e não queremos, mas temos plena consciência de que a vida acaba cobrando os filhos. Vamos esperar esse dia chegar, sem planos e sem cobranças. Daqui uns seis ou sete anos talvez.

16-   O que você faz para não deixar a relação cair na rotina?
Povo fala de rotina como se fosse um monstro, não é bem assim! O dia a dia que temos hoje é praticamente impossível inventar alguma coisa diferente todo santo dia. Mas aos finais de semana sempre estamos fazendo alguma coisa diferente, como meu marido tem um grupo de samba, nossos finais de semana já são bem agitados, estamos sempre curtindo com os amigos. Sempre vamos ao cinema, restaurantes, teatro e frequentamos motéis. Mudar o ambiente da intimidade para mim é a melhor forma de sair da rotina. Cada um ter a sua individualidade também é uma maneira de sair da rotina, eu prezo muito isso. Sempre achamos um tempinho para eu curtir com as minhas amigas e o Thiago com os amigos dele.

17-   Qual  a melhor parte da vida de casada?
A melhor parte é dormi e acordar todos os dias juntos. Companheirismo de uma forma geral. Saber que agora você é a mulher mais importante da vida de um homem é muito bom.

18-   Qual o melhor programa a dois para o casal?
Para mim qualquer programa é muito bom quando estou com ele, desde uma viagem a uma partida de futebol.

19-   Onde foi sua lua-de mel e como foi?
Fizemos um mini cruzeiro de 3 dias e em seguida ficamos na Praia do Forte na Bahia. Nossa lua de mel foi incrível, provavelmente nunca mais faremos uma viagem tão mágica como essa.

20-   Você tem alguma dica ou mensagem para passar para as noivinhas que estão à beira do altar?
Casar é bom demais, toda mulher tem que passar por essa experiência. Dizer que será um mar de rosas é ilusão, porque não será, mas com amor, disposição e vontade, tudo se torna mais fácil, agradável e especial. Temos que ter foco para não bambear  e não deixar que o dia a dia e o egocentrismo enfraqueça nosso relacionamento. Palavras chaves: Perdoar, Ceder e Amar, com essas palavrinhas sua caminhada será muito mais fácil. Carrego sempre essa frase comigo, pois é muito verdadeira:  “Não é o amor que segura o relacionamento, é a forma como você se relaciona que segura o amor”

6 comentários:

  1. adorei a entrevista...ela é uma fofa...e fiquei pasma...eu com a idade dela...tao novinha...adorei...

    bjuu

    ResponderExcluir
  2. Foi tdo lindo no casamento da Cá, né? =)

    beijos!

    ResponderExcluir
  3. A Carla é uma querida e o casamento dela foi lindooO!
    Beijo
    =)

    ResponderExcluir
  4. Que blog mais fofo o seu!!!
    Adorei! Já estou seguindo!
    Caso queira visitar o meu espaço, que também é sobre casamento, deixo o link: http://danieljaquesisposeranno.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Pena que ela não gosta de vintage... rsrsrs

    aeromocinha.blogspot.com.br

    ResponderExcluir